ERASMUS +

Erasmus_logo

Stepping Up to Technology in Adult Education towards Awareness, Assessment and Access. Um novo projeto, de novo a nível europeu (ERASMUS +), para dar continuidade ao trabalho desenvolvido no LIDIA – Literacia Digital de Adultos.

Tal como no Projeto LIDIA, o grupo-alvo do projeto AAA-StepUp2-ICT são todos aqueles que de alguma forma lidam com adultos e que, por isso, podem ter um impacto direto sobre as suas aprendizagens e o seu desenvolvimento pessoal e social. O projeto AAA-StepUp2-ICT centra-se precisamente no fortalecimento da dimensão pedagógica do uso das tecnologias digitais dos educadores de adultos nos seus contextos ocupacionais específicos. Visa o incremento de metodologias de trabalho com tecnologias que possam ser postas em prática nos seus locais de trabalho, tendo em vista o impacto na conscientização e inclusão estratégica e operacional do potencial das tecnologias de informação e comunicação para a aprendizagem, tanto na perspetiva das organizações, como do ponto de vista do desenvolvimento dos cidadãos.

Os parceiros neste projeto, financiado pela UE, são da Itália, Portugal, Espanha, Suíça e Bélgica.

Uma educação e uma formação de qualidade são fatores importantes para promover um desenvolvimento inteligente, sustentável e inclusivo. A educação de adultos pode contribuir significativamente para atingir esse objetivo. Sendo já uma referência explícita na agenda da UE desde 2006, a qualidade da aprendizagem dos adultos é sublinhada, em 2011, na Renewed  European Agenda for Adult Learning, apontando em particular para a importância de fazer uma melhor utilização das TIC para permitir o acesso a mais pessoas, explorar novas oportunidades para o ensino e a formação a distância e, em última instância, melhorar a qualidade da formação que é proporcionada.

O desenvolvimento profissional e a qualidade dos educadores e formadores são, nesse contexto, vetores importantes para melhorar a qualidade da aprendizagem dos adultos, contribuindo de forma significativa para a aquisição e o desenvolvimento de conhecimentos, capacidades e valores. Assumindo cada vez mais o papel de estimular e facilitar as aprendizagens de cada um, é necessário que os formadores adquiram novas competências profissionais para trabalhar em novos ambientes de aprendizagem on-line, para incluir estratégias de aprendizagem baseadas nas tecnologias de informação e comunicação (e-learning ou sistemas híbridos) e para orientar e apoiar os alunos adultos ao longo do seu processo de aprendizagem e de desenvolvimento.

Algo que é especialmente desafiador uma vez que muitos contextos de educação de adultos não dispõem ainda de formadores de adultos qualificados, isto é, formalmente preparados, sendo muitas vezes assegurados por profissionais, ainda que motivados, sem grande experiência com alunos adultos ou sem uma preparação específica adequada, principalmente para o uso do potencial pedagógico das tecnologias digitais hoje disponíveis.